quinta-feira, 7 de outubro de 2010

FELICIDADE (vendida)

Felicidade, Fernando Pessoa.
Não se acostume com o que nao o faz feliz, revolte-se quando julgar necessario.
Alargue seu coraçao de esperanças, mas nao deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, começe novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, nao se perca!
Se o achar, segure-o!


5 comentários:

Vivian disse...

...Cleo querida,
felicidade é tbm recebê-la
com palavras sempre ricas
em carinho lá em casa.

que Deus continue abençoando
este dom que te faz única.

Fernando Passoa caiu como
um bálsamo nesta tarde
de domingo.

bjbjbj

LUCONI disse...

A menina que faz poesias em telas, que linda ficou a FELICIDADE, por ti retratada, e o poema de Fernando Pessoa maravilhoso repleto de saber, beijos Luconi

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Cleo, bela Tela...belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Eny Rezende disse...

Sra.Cléo, jamais a minha intenção foi ofendê-la ,nos estudos que estive ao longo de minha carreira, copiar é nescessário para se ter mais precisão no estilo que buscamos e agora vendo suas obras senti que vc. tem sua própria identidade , portanto vc. na sua ânsia de superar os suas angustias buscou em meus quadros o apoio de sentir mais viva e mais produtiva e isto é uma dádiva de Deus, a busca de algo que nos faz sentir plena e serena.
Tenho que sentir orgulhosa por sua cuhada gostar de meus quadros e de vc. por incentivo dela pintar. Espero que vc me desculpe, as vezes falamos coisas de forma errada,tem muitas maneiras de fazer críticas, porém elas devem fazer a gente crescer.
Senti que sua família apoia vc. e sua arte, espero que esteja bem, continue sempre está mulher de fibra , com talento e sabedoria.
Mais uma vez me dsculpe,não sou uma pessoa que quer derrubar ninguem , quero que todos cresçam e no fundo do meu coração desejo que vc. seja abençoada por este dom que é pintar.
um abraço
Eny Rezende

Neto disse...

O que seria de Fernando Pessoa,
se não existissem as pessoas que com luz e brilho próprio transformam e retratam os nossos dias.

Suas poesias de nada bastariam e seu nome seria somente Fernando sem Pessoa.
Lindo seu trabalho FELICIDADE, um casamento da arte com a poesia (completo).

Abraço!