sábado, 16 de outubro de 2010

XAMÃ RUDÁ (Divindade do Amor)


















O Xamanismo nao é uma espiritualidade desenvolvida só pelos indios. O Xamanismo é desenvolvido nas pessoas que dispoem das caracteristiscas intrisencas em sua alma, seu espirito, que as torna afins desta evoluçao espiritual. É como um Dom ou uma frequencia vibracional individual.
È um desevolvimento espiritual onde o Xamã torna-se um Guia espiritual, um mestre, um sacerdote, auxiliando os "discipulos" e principalmente  como preservar a  natureza e as riquezas nela existentes. Os espiritos que "habitam" a terra dependem da conservaçao para continuarem a fazer parte deste ecosistema invisivel e habitarem este planeta.
O xamanismo tem uma premissa basica de que todos fazemos parte da FAMILIA UNIVERSAL, e tudo esta interligado.
O xamanismo possui conhecimentos basicos que poderiamos nos nortear por estes e dariamo-nos muito bem... Ensina que o conhecimento é para todos porem a sabedoria é para poucos,  è como um garimpo, apenas uma minoria são capazes de se transformar. Eles dizem: "muitas pessoas que se lançam em busca do conhecimento sem as bençãos espirirtuais se dao muito mal... muitos iniciam a caminhada mas poucos atingem as maiores alturas.
O xamã compreende o circulo sagrado da vida, ajuda nas curas, ensina o que é necessario e tem um grande relacionamento com a mae terra. Um verdadeiro Xamâ ja enfrentou suas sombras e venceu seus medos da insanidade, da solidao, orgulho, vaidade, vicios,  doenças...
Esta é Xamã Rudá " a Divindade do Amor", que eu a criei e batizei com este nome indigena.
Curvo-me diante desta espiritualidade tao magica e muito profunda que me encanta a muitos anos... E que O GRANDE ESPIRITO  esteja sempre com cada um de nos que sabemos amar e respeitar todas as formas de vida... Amem.
A Xamã Rudá tras no seu colar uma pedra Citrino, uma Turmalina Negra e uma Jaspe vermelha. No Cocar uma Ametista... Todas elas com sua energia propria e características importantes para a trilha da Guerreira Xamã Rudá.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

FELICIDADE (vendida)

Felicidade, Fernando Pessoa.
Não se acostume com o que nao o faz feliz, revolte-se quando julgar necessario.
Alargue seu coraçao de esperanças, mas nao deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, começe novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, nao se perca!
Se o achar, segure-o!


Rastros de Anjos (vendida)

Poesia: Brincadeira de roda no céu
Autor:Luciene Arantes
Anjos saltitandos...Rastros dourados no céu ficando... Quao bela é esta brincadeira tambem quero brincar...Mas nao posso não tenho par...
Mas eu quero brincar com voces cirandar...
Vamos! Peguem minha mao,quero tambem rodopiar...
Anjos, anjos me deixem brincar...Tambem quero o Salvador saudar...
Vamos, vamos, já estou rodopiando;
 Que magico! Estou brincando;
Nao tenham pressa, vamos devagar.
O Salvador já esta pra chegar!
Na brincadeira eles seguram seu par...
Mas eu sozinha fico só a olhar...
Mesmo assim estou feliz demais;
Estou esperando o Ser  que conduz a paz...
.........................................................
O céu todo iluminado
Brincamos de roda com anjos alados, eu sempre aos pes do Salvador;
E em teus olhos vendo o infinito e mais profundo amor;
Obrigada Senhor!

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Aprendendo amar...

Por muitos anos eu nao permitia sequer uma roseira em meu jardim. Nao teria porque eu aceitar espinhos em minha vida. Muitos anos se passaram, mas de nenhuma forma eu aceitava as rosas em meu jardim, muito menos no "Canto do Amor". Lá nao poderia existir dor...
Nem tudo posso compreender, mas recentemente resolvi plantar no "canto do amor" muitas rosas, e dou a elas meu carinho, meu zelo e meu amor... Aprendi a nao me machucar com seus espinhos. e a me dar inteira quando estou com elas... Em troca posso contemplar essa maravilha que ofereço ao Criador nesta perfeiçao de flor.
Talvez seja esse o segredo do Amor...