sábado, 12 de março de 2011

A COR E A DOR DA SAUDADE

Um comentário:

LUCONI disse...

Cléo realmente é uma dor e saudades que dilacera, mesmo tendo outros filhos, um não completa a falta do outro, não posso dizer que sei como se sente, porque nunca passei por isto, o meu mora em SP e vem me ver cada mes ou dois meses e mesmo assim fico com o coração apertado, imagino você, realmente é difícil, mas não desanime, haverá de estar perto o dia daquele abraço gostoso, e neste instante todos os anos de saudades se apagarão, um grande abraço, apesar de estar ausente, por problemas de saúde e trabalho eu não me esqueço de ti, sei que és uma guerreira da luz, beijos Luconi